Empreendedorismo Bruno Marinho

Como Reduzir os Custos de Sua Empresa?

Como Reduzir os Custos de Sua Empresa?

Com a crise mundial na economia e à crise local que estamos enfrentando do Brasil, nesse ano de 2015, muitas empresas se veem presas, como diz o ditado popular “entre a cruz é a espada”. Elas não conseguem aumentar o seu lucro, pois as vendas ficaram mais difíceis de serem efetivadas e tem que recorrer a redução de custos para não ficar no vermelho. Nesse artigo confira algumas dicas de como reduzir custos na sua empresa da melhor maneira possível.

 

  1.  Substitua ações de publicidade em mídias tradicionais por e-mail marketing.

As mídias tradicionais tem custos bastante elevados e podem ser substituídas sem prejuízos pelo e-mail marketing, que é uma das formas de promoção virtual mais comuns atualmente e que se apresenta como uma das formas de propaganda que proporcionam maior retorno financeiro do investimento inicial. De acordo com um relatório divulgado pela Direct Marketing Association (DMA), no ano de 2011, as campanhas que usaram o e-mail marketing como forma de divulgação de seus produtos e serviços obtiveram uma média de 4.000% de retorno sobre o investimento. Isso significa que a cada $1 investido em campanhas de e-mail marketing obtiveram um retorno de $41, naquele ano.

 

Esse resultado superou campanhas de forte apelo e que exigem maiores investimentos, como as mídias sociais que obtiveram um retorno de $12.71, a cada $1 investido; campanhas de displays que obtiveram um retorno de $19.72 a cada $1 investido e campanhas de Search Engine Marketing que obtiveram um retorno de $22,24 a cada $1 investido.

 

  1.  Tenha uma pessoa específica para gerenciar essa redução de custos

É importante ter na empresa uma pessoa que fique responsável por analisar todas as movimentação de fundos da empresa, incluindo valores gastos na aquisição de matérias-primas e material de escritório, pagamento de horas extras do salário dos empregados, valor gasto com combustível, contas de manutenção (eletricidade, gás, água e esgoto), contratação de serviços de limpeza e segurança, pagamento de salários base e os salários dos empregados da empresa, enfim… que confira toda a movimentação de dinheiro na sua empresa. Dessa forma, podem ser vistos gastos em excesso que passam despercebidos e que quando cortados irão reduzir custos para a empresa e gerará lucro.

 

Atenção! Evite cortar salários e benefícios dos funcionários. Isso causa um clima ruim entre empresa e empregados

 

  1.  Tenha jornadas de trabalho otimizadas

Quando os funcionários tem seu horário de trabalho bem aproveitado tanto o funcionário quanto a empresa saem ganhando, pois o funcionário acaba passando menos tempo na empresa e ganhando mais qualidade de vida e a empresa ganha por economizar com o pagamento de horas extras e de mais consume de energia elétrica. Podemos propor aos funcionários horários menores de trabalho caso ele consigam cumprir todas as metas propostas para ele naquele período.

 

  1.  Evite demitir funcionário

Antes de pensar na demissão de um funcionário, pense e tome nota de todos os custos da rescisão de contrato, gastos com a contratação e treinamento de uma nova pessoa  e o tempo que essa pessoal levará para aprender e se adequar a todos os processos da empresa. Mas caso a demissão tenha que ocorrer, considere terceirizar os serviços dessa função, pois isso pode ser uma maneira de economizar com pessoal.

 

  1.  Considere dar férias coletivas

Em casos extremos, onde houver grande necessidade de redução na produção, considere dar férias coletivas aos funcionários. Assim  você pode economizar com a conta de energia e coincidir com sazonalidades onde a demanda pelos produtos ou

Bruno Marinho

Sobre o autor | Website

Fundador do Instituto Desenvolve T.I , com experiência em projetos para a Internet há mais de seis anos e pioneiro em startups com o foco em mídias sociais. Bacharel em Publicidade e Propaganda, especialista em Gestão de Tecnologia da Informação, laureado e certificado pelo Instituto Brasileiro de Coaching, Behavioral Coaching Institute – BCI e sendo referência internacional nas instituições Global Coaching Community e ECA – European Coaching Association, atualmente atuando como palestrante, professor de marketing digital e diretor de projetos na empresa Desenvolve T.I e elaborando treinamentos com o foco em marketing digital, tecnologia e comunicação. Coordena pesquisas e estudos com o foco no comportamento dos usuários dentro das redes sociais, acessibilidade, usabilidade e novas tendências nas áreas de tecnologia e comunicação.

Gosta de Marketing e Empreendedorismo Digital? Receba atualizações, artigos e dicas imperdíveis (é grátis)!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!