Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar
O que é um Pixel do Facebook e como criar um?

Mídias Sociais

O que é um Pixel do Facebook e como criar um?

Prof. Bruno Marinho
Escrito por Prof. Bruno Marinho em junho 4, 2021
JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

O Pixel do Facebook é um código JavaScript. Quando ele é inserido em uma página de um site, gera dados de rastreamento a partir das interações dos usuários da internet.

Ao optar por usar o Facebook em suas estratégias de Marketing Digital você precisa conhecer todos os recursos disponíveis para melhorar o engajamento de suas publicações, bem como para mensurar os resultados de suas campanhas.

Nesse hiato, temos ferramentas incríveis que podem integrar a experiência de compra dos usuários, a fim de criar uma conexão entre diversos sites da internet com o próprio Facebook. Essa integração consiste em identificar o comportamento dos usuários, com o objetivo de fazer remarketing dentro da rede social.

Em outras palavras, o Pixel do Facebook é um recurso que rastreia o padrão de compras dos usuários. Dessa forma, ao usá-lo corretamente, você consegue melhorar suas conversões dentro da rede social, pois, ele torna suas campanhas mais assertivas, localizando pessoas que estão mais propensas a comprar de você.

Salve para ler depois: “O que é o Gerenciador de Negócios do Facebook e como usar?

O que é um Pixel do Facebook?

Em síntese, o Pixel do Facebook é uma ferramenta analítica que está inserida dentro do Facebook Ads – a plataforma de anúncios do Facebook.

Por meio dele, é possível monitorar suas conversões. Além disso, ele é capaz de melhorar o direcionamento de seus anúncios, fazendo com que as campanhas alcancem um público-alvo interessado em comprar os produtos que você anuncia.

De modo geral, podemos dizer que o Pixel do Facebook é uma espécie de código espião, porém, em JavaScript (uma linguagem de programação).

Como o Pixel do Facebook funciona?

Depois que você instala o pixel dentro de suas páginas (blog ou site, por exemplo), ele começa a rastrear o comportamento dos visitantes, sobretudo, daqueles que chegaram até você através dos anúncios do Facebook.

Dito isto, cada ação ou evento gerado por todos os visitantes monitorados, podem ser visualizadas em sua página do Pixel do Facebook (que fica dentro do Gerenciador de Negócios do Facebook, na aba “Gerenciador de Eventos”).

Como forma de auxiliar no gerenciamento de suas campanhas, o Gerenciador de Eventos revela todas as ações tomadas pelos visitantes de suas páginas. O que por sua vez, pode servir para aprimorar suas campanhas futuras ou mesmo, pode te ajudar a melhorar a campanha em questão.

De modo resumido, para que o Pixel do Facebook seja ativado e cumpra seu papel, você precisa:

  • Incluir o código dele dentro do seu site ou página que deseja monitorar;
  • Depois, é necessário monitorar o comportamento do usuário, através dos dados da página de análise do Gerenciador de Eventos;
  • Unir as informações recebidas em uma nova estratégia para aumentar as conversões.

O Facebook chama as ações realizadas pelos usuários em suas páginas de “eventos de conversão”. Daí, o nome popularmente conhecido por “pixel de conversão do Facebook”, batizado por muitos afiliados que atuam no Marketing Digital.

pixel do facebook

Como Criar um Pixel do Facebook

Para ativar um Pixel do Facebook, siga o seguinte passo a passo:

Passo 1 – Acesse o Gerenciador de Anúncios do Facebook Ads

Antes de tudo, você precisa ter acesso ao Gerenciador de Anúncios, ou seja, a ferramenta de anúncios do Facebook Ads. Para criar sua conta (caso você não tenha uma) no Gerenciador de Negócios do Facebook clique aqui.

Ao acessar o Gerenciador de Anúncios busque pelo “atalho” Gerenciador de Eventos.

Feito isso, clique no botão verde “Criar”.

Passo 2 – Configure o Pixel

A segunda etapa diz respeito as configurações do pixel. Nela você deverá escolher o nome do pixel, bem como, deverá definir qual será a finalidade do pixel.

Existem 4 opções de cadastramento:

  1. Criar Anúncio
  2. Cadastrar um Público Personalizado
  3. Criar Público Semelhante
  4. Cadastrar uma Conversão Personalizada

Leia a descrição de cada uma das opções para ter certeza do seu objetivo. Mas, de início, recomenda-se que o pixel seja criado na opção de “Criar anúncio”. Isso porque, nosso objetivo é identificar as ações de nossos clientes durante as interações com nossos anúncios.

Depois, uma nova tela se abrirá. Basta preencher as informações relacionadas ao objetivo da campanha.  Recomendo que você coloque a opção “Conversões”, afinal, nosso objetivo é fazer vendas.

Em seguida, clique em “Continuar” e depois, crie sua nova campanha de anúncios inserindo a URL de destino, ou seja, a página que receberá o pixel de conversão.

Passo 3 – Instale o Pixel no seu site

Agora que sua campanha já está criada, é necessário vincular seu Pixel do Facebook ao seu site, blog ou página de vendas.

Para instalar o Pixel no seu site ou página, basta copiar o código gerado pelo Facebook (ID) na raiz do site. Para isso, escolha a opção de “instalar o código manualmente”. Copie o código e cole no cabeçalho da página que deseja rastrear.

Cole o código do pixel na parte inferior da seção de cabeçalho, logo acima da tag </head>. Instale o código de base em todas as páginas do seu site.

Passo 4 – Verifique se o Pixel está funcionando

Se você estiver com dúvidas sobre o funcionamento do Pixel, pode verificar se ele foi instalado corretamente através de uma ferramenta de diagnóstico criada pelo próprio Facebook, a extensão Facebook Pixel Helper.

Instale a extensão em seu navegador Chrome e verifique se o pixel está enviando informações de ações para seu Gerenciador de Eventos. Se sim, sempre que você clicar em um link ou preencher um formulário, ele marcará alguma ação em sua página.

Quem pode usar o Pixel do Facebook?

Qualquer usuário do Facebook Ads pode usar o Pixel do Facebook. Afinal, ele pode ser inserido em qualquer site, blog ou página de vendas.

Não existe uma obrigatoriedade acerca de seu uso. Isto é, tanto faz se você é pessoa física ou jurídica; afiliado ou dono de uma multinacional…

A única coisa que você precisa fazer é: criar sua conta de anúncios no Gerenciador de Negócios do Facebook e começar a usar o pixel em suas estratégias digitais.

Vale reiterar que cada conta de anúncio do Facebook possui um pixel de conversão exclusivo, que serve para diferenciar um usuário do outro.

Para conseguir adicionar mais de um pixel, você deverá ter mais de uma conta de anúncio cadastrada em seu Gerenciador de Negócios.

Por que usar o Pixel de Facebook em seu Negócio?

Se você ainda não compreendeu a importância do pixel em uma campanha de Marketing Digital, dá só uma olhada nas principais vantagens desse recurso:

  • Através do pixel é possível aumentar as vendas e gerar mais leads;
  • O pixel garante uma mensuração de resultados mais assertiva;
  • Melhora as campanhas de remarketing (publicidade direcionada para pessoas que já demonstraram interesse pelo produto, mas por alguma razão, não compraram de você no primeiro contato com seu anúncio);
  • O número de impressões de cada anúncio corresponde aos usuários que realmente tem interesse em seus produtos ou serviços.

Mas não é só isso! Tem mais…

Para que serve o Pixel do Facebook e Quais os Benefícios?

Embora eu já tenha adiantado alguns benefícios, quero te explicar detalhadamente para que serve e quais os reais benefícios dessa ferramenta incrível:

Melhorar a Compreensão dos Dados de Evento

O primeiro grande benefício está no fato de que através do Pixel do Facebook é possível compreender todos os dados de eventos, o que por consequência, te ajuda a identificar a jornada de compra do cliente.

Veja quais são os eventos padrão do pixel do Facebook:

  • Adicionar informações de pagamento
  • Adição ao carrinho
  • Adição à lista de desejos
  • Cadastro iniciado
  • Cadastro concluído
  • Compra
  • Contato
  • Doar
  • Encontrar localização
  • Envio de candidatura
  • Iniciar avaliação
  • Iniciar confirmação de compra
  • Inscrever-se
  • Personalizar produto
  • Pesquisa
  • Programar
  • Visualizar conteúdo.

Sendo assim, você pode traçar uma estratégia muito mais assertiva, o que certamente vai aumentar suas vendas dentro da plataforma.

Criar Campanhas de Remarketing Poderosas

Sabemos que nem todo mundo que acessa nossas páginas, de fato, compra o produto ou serviço naquele exato momento. Daí, a importância do remarketing.

Sempre que alguém acessa sua página ou site que está com o Pixel de conversão atrelado, deixa um rastro virtual. Ou seja, ela fica “marcada” e assim, o Facebook consegue “ir atrás” dela por meio de uma série de comportamentos digitais.

Desse modo, seus anúncios aparecerão mais de uma vez para a mesma pessoa, aumentando as chances dela comprar de você. Afinal, ela já teve interesse no seu produto, mas por alguma razão, não teve a oportunidade de comprá-lo no passado. Mas, revendo o anúncio, essa oportunidade pode se transformar, e a assim, a vende pode acontecer!

Acessar as Informações do Público

Outra grande vantagem do Pixel do Facebook é a possibilidade de acessar diversas informações do público-alvo.

Em outras palavras, o Pixel revela uma série de informações que te auxiliarão na criação de novas campanhas. Dentre as informações relevadas pelo Pixel, estão:

  • Dados demográficos, como idade, nível educacional, profissão, relacionamento, entre outros;
  • Dispositivos mais usados;
  • Frequência de atividades como curtidas, comentários e compartilhamentos;
  • Localização.

O que são os Cookies do Pixel do Facebook?

Os cookies são pequenos trechos de código que ficam armazenados nos navegadores dos usuários. Eles armazenam informações, como por exemplo, quais foram as páginas acessadas anteriormente.

Portanto, sempre que você visita uma página na internet, um cookie é gerado, na intenção de melhorar sua experiência na rede. Ou seja, sempre que você abrir o navegador, anúncios e publicações sobre os assuntos que você mais pesquisa, aparecerão “automaticamente” na tela, sem que você precise buscar novamente por eles.

Por padrão, o Pixel do Facebook também trabalha com cookies internos e de terceiros.

Nesse caso, os cookies internos são aqueles gerados dentro da rede social. Já os cookies de terceiros, são aqueles apresentados em outros sites da internet onde os usuários do Facebook também estiveram.

Em resumo, os cookies do Pixel de Facebook são dados que auxiliam no monitoramento dos usuários, a fim de garantir que sua análise seja mais precisa e seus resultados com os anúncios sejam muito melhores!

Esse conteúdo te ajudou? Assista Minhas Aulas Gratuitas sobre Marketing Digital no Youtube!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.