Muitas pessoas sonham em ter um negócio próprio e conquistar uma vida mais plena profissionalmente e pessoalmente. No entanto, boa parte destas pessoas desiste de seus projetos ao se depararem com a falta de recursos financeiros para concretizarem seus negócios.

Vamos falar, neste artigo, como fazer para empreender sem grana. Se quiser saber mais sobre este assunto, leia também os artigos é possível ter sucesso com um negócio online e como nasce uma startup de sucesso.

 

Como empreender sem grana?

Sem-dinheiro-na-carteira

Existem diversas formas de se empreender sem grana, seja buscando negócios menores e mais simples para se começar, buscando recursos financeiros em instituições de créditos e até mesmo com a realização de parcerias.

Veja, a seguir, algumas formas de se empreender mesmo que esteja sem dinheiro:

 

  1. Comece com um negócio pequeno:

Dependendo de qual é o seu projeto, uma das primeiras possibilidades para quem quer empreender sem grana é iniciar um negócio menor e, com o tempo e com a geração de lucro, conseguir aumentar a empresa e atingir o que efetivamente se deseja no futuro.

Atualmente é possível se fazer muito mais com menos. Empresas que anteriormente desejavam chegar ao mercado internacional, por exemplo, precisavam passar por rígidas normas governamentais e pesados investimentos, além de necessitarem de recursos para investir em locais e escritórios nos países em que desejavam realizar negócios.

Hoje já é possível que um negócio pequeno consiga atingir novos mercados internacionais com pouquíssimos recursos financeiros;

 

  1. Faça parcerias:

A terceirização de diversos processos desde a produção até mesmo a distribuição e venda de produtos e serviços possibilitou a criação mais flexível e de menor custo de muitos negócios.

Um pequeno negócio que não tenha recursos suficientes consegue, com uma simples parceria, encontrar empresas que produzam o que estão buscando, empresas que tenham capacidade de distribuir e parceiros para comercialização.

Boas parcerias, no entanto, só são realizadas com a correta negociação das partes, já que todos precisam sair ganhando. Não tenha medo de receber menos no início se precisa de outras empresas parceiras. Com o crescimento mútuo, seu negócio irá gerar mais recursos e você poderá, em poucos anos, criar sua própria estrutura;

 

  1. Busque investimento externo:

Por fim, com a falta de recursos pessoais, há a possibilidade de se encontrar empresas e até mesmo pessoas capazes de investir no seu negócio e no seu projeto. A primeira possibilidade é buscar estes recursos com pessoas conhecidas como família e amigos. Isto, infelizmente, torna o negócio um pouco menos profissional, podendo até gerar conflitos, mas é uma das opções.

Segunda possibilidade está nas instituições financeiras que contêm, inclusive, linhas de créditos voltadas para micro e pequenos negócios. Nestes casos, porém, existem diversas exigências com relação ao perfil do empreendedor e também com relação à situação financeira do mesmo.

Por último, é possível se encontrar investimentos de outras empresas e até mesmo pessoas, nos chamados “investidores-anjos”. Para este caso, o plano de negócios se torna fundamental, assim como o perfil do empreendedor que precisa trazer segurança ao investidor e também reais perspectivas de crescimento e lucro;

Conclusão

É possível empreender sem grana, pois existem diversas formas de se encontrar parcerias e até mesmo investidores para o negócio. Continue conosco nos próximos artigos e deixe aqui seus comentários ou dúvidas. Até mais.

Um Grande Abraço,
Bruno Marinho

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *