Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar
O que é Marketing de Afiliados?

Marketing de Afiliados

O que é Marketing de Afiliados?

Prof. Bruno Marinho
Escrito por Prof. Bruno Marinho em maio 24, 2021
JUNTE-SE A MAIS DE 150.000 PESSOAS!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

O conceito de Marketing de Afiliados é bem simples. Em resumo, você se afilia a um produto e passa a comercializá-lo. Conforme as vendas forem acontecendo, você recebe comissões por cada produto vendido. 

A saber que o Marketing de Afiliados é um modelo de negócios muito promissor, pode-se afirmar que por meio dele, muitas vidas foram transformadas.

Existem diversas maneiras de se trabalhar nesse mercado e, mais à frente, você conhecerá todas elas. Mas, de antemão, você precisa saber que, sem dúvidas, o Marketing de Afiliados é hoje, a melhor oportunidade de se fazer uma renda extra ou de ter o próprio negócio através da internet.

Isso porque, essa estratégia é muito ampla. Sendo assim, qualquer pessoa consegue ganhar dinheiro com facilidade. Desde que, saiba utilizar as ferramentas e os recursos básicos para se dar bem no meio digital.

Em outras palavras, atualmente, é fácil se deparar com adolescentes e até idosos, ganhando dinheiro com o Marketing de Afiliados. Mas, vale dizer que existem regras e termos que precisam ser respeitados dentro das plataformas de afiliação – também falaremos disso mais adiante.

Leia também: “Produtor Iniciante: 5 Dicas Fundamentais

O que é Marketing de Afiliados na Prática?

Em suma, o Marketing de Afiliados é uma atividade onde se ganha uma comissão promovendo produtos físicos ou digitais de outras pessoas ou empresas.

Hoje em dia, há quem diga que o Marketing de Afiliados é a melhor forma de ganhar uma renda passiva de maneira inteligente. Afinal, em muitos casos o dinheiro começa a cair na sua conta de maneira automática. Isto é, sem que você precise se esforçar, diariamente, para que isso aconteça.

Em resumo, após se afiliar a um produto que você julgue interessante ou que tenha maior afinidade para promovê-lo, você escolhe uma ou mais de uma estratégia de vendas e, a partir daí, se dedica a ela.

Feito isso, os resultados começam a surgir gradativamente. A depender das estratégias que estão sendo utilizadas. Pois, existem estratégias que dão um retorno imediato e, existem outras um pouco mais demoradas.

Mas calma! Não se preocupe com isso agora! Falaremos disso em outro tópico.

Ainda sobre a definição de Marketing de Afiliados, podemos dividi-lo em 4 partes essenciais:

  • Produtor
  • Plataformas de Afiliação
  • Afiliado
  • Cliente

Portanto, para que a engrenagem funcione corretamente todas essas 4 partes precisam estar encaixadas. Ou seja, precisam se alinhar de maneira contínua e constante. Assim, você conseguirá manter um fluxo de ganhos que, de fato, seja atraente a ponto de te fazer focar apenas nesse modelo de negócios.

o que é marketing de afiliados

Os 4 Pilares do Marketing de Afiliados

Agora que você já sabe o que é Marketing de Afiliados, vamos nos aprofundar em seus 4 pilares fundamentais:

#1 – Produtor

Dentro do Marketing Digital, o produtor também é conhecido como o “criador” ou como a própria “marca” de um produto. Nesse sentido, é ele quem cria o produto e disponibiliza para ser comercializado.

Existem, basicamente, 3 tipos de produtores:

  • Produtor de produtos físicos – Em síntese, esse produtor pode ter um ou mais produtos dentro de uma marca específica. Como no caso da Ikaps Suplementos, por exemplo. Onde uma única empresa produz diversos tipos de produtos, que por sua vez, estão disponíveis para serem comercializados dentro das plataformas de afiliação.
  • Produtor de produtos digitais – Nesse caso, o produtor cria um ou mais produtos digitais e também disponibiliza em plataformas de afiliação. É possível criar cursos online, listas de revendas, aplicativos etc.
  • Co-produtor – É aquele que se une com outro produtor para criar e distribuir um produtor nas plataformas de afiliação. Você, por exemplo, pode se tornar um co-produtor de diversos produtos.

#2 – Plataformas de Afiliação

Quando citamos as plataformas de afiliação, estamos nos referindo aos sites onde os produtos físicos e digitais são hospedados.

Um bom exemplo disso é a Hotmart, uma das maiores plataformas de produtos digitais do Brasil. Nela é possível encontrar milhares de produtos hospedados, onde você pode escolher qual deseja divulgar para receber suas comissões.

Temos também a Monetizze, que embora disponha de produtos digitais, é mais voltada para quem deseja trabalhar com produtos físicos. Existem centenas de produtos físicos com comissões altíssimas. Por isso, é muito importante conhecer essas plataformas a fundo, a fim de identificar as melhores oportunidades de negócios.

#3 – Afiliado

Em seguida, temos o afiliado, também conhecido como intermediador de partes. Isso porque, é ele quem fica responsável por atrair e converter os clientes.

O papel do afiliado é um dos mais importantes nessa trama. Pois, a partir do momento em que ele se interessa por determinado produto:

  • Fica encarregado de coletar informações sobre o produto;
  • Precisa preparar a estratégia que será aplicada na divulgação;
  • Por fim, deverá divulgar o produto com o objetivo de realizar o maior número de vendas possíveis!

Lembrando que o afiliado recebe por comissão. Isto é, quanto mais vendas fizer, mais ele ganha!

Além disso, o afiliado pode se afiliar a um número infinito de produtos. O que aumenta ainda mais suas possibilidades de ganhos dentro do Marketing de Afiliados.

#4 – Cliente

Enfim, chegamos ao cliente, um dos pilares desse poderoso modelo de negócios.

O consumidor é quem dá vida ao marketing. Afinal, sem vendas, não existe comissão e sem comissão, não existe um bom fluxo de negócios.

Existem muitas formas de se chegar até o cliente, como por exemplo:

  • Através das redes sociais;
  • Por meio de um blog com conteúdos diários ou semanais;
  • Através de anúncios pagos;
  • Utilizando o e-mail marketing;
  • Entre outros.

Ao se tornar um afiliado, o seu papel é decidir quais serão as melhores estratégias para se usar, a fim de atrair e captar um grande número de clientes.

Bom, você viu que é possível trabalhar com mais de uma estratégia para ganhar dinheiro no Marketing de Afiliados. Mas vale dizer que, a escolha da estratégia está diretamente associada as habilidades que você têm para trabalhar com cada uma delas. Ou ainda, com o orçamento que você dispõe para investir em cada uma delas.

Principais Vantagens do Marketing de Afiliados

De modo geral, no Marketing de Afiliados todo mundo ganha!

Isso significa que, o produtor que coloca seu produto à disposição de afiliados, é beneficiado pelo grande número de vendas de seu produto. Assim como, o afiliado que divulga os produtos também ganha, pois tem a chance de aumentar sua renda mensal de maneira expressiva, representando mais de um produto em específico.

Além disso, o cliente também ganha! Visto que, geralmente, os afiliados entregam conteúdo de valor para o cliente, que antes mesmo de comprar o produto, já conhece seus benefícios e aprende como usar a seu favor!

Mas obviamente que, trabalhar com Marketing de Afiliados tem outras vantagens, como por exemplo:

  • Alcançar a liberdade financeira rapidamente;
  • Começar um empreendimento de baixo custo inicial;
  • Ser dono do próprio negócio;
  • Ter mais qualidade de vida;
  • Poder trabalhar quando e onde quiser;
  • Fazer parte de uma rede efetiva de networking;
  • Aumentar os conhecimentos acerca do mundo dos negócios;
  • E muito mais!

Como Ser um Afiliado?

Partindo da premissa de que você ainda não é um afiliado, antes de mais nada, será preciso se cadastrar em uma ou mais, plataformas de afiliação.

A boa notícia, é que esse cadastro é gratuito e os requisitos para fazer parte de um programa de afiliados, são:

  • Ter um e-mail válido;
  • Possuir um documento de identidade válido em todo o território nacional;
  • Ter 18 anos ou mais (adolescentes não podem receber dentro das plataformas. Nesse caso, precisam cadastrar um responsável de maior para realizar o procedimento).

Em seguida, você deverá se cadastrar em uma plataforma de afiliação. A Hotmart e a Monetizze são excelentes, mas existem outras, como por exemplo, a Eduzz, a Braip, a Perfect Pay etc.

Após realizar o cadastro em uma ou mais, plataformas de afiliados. Será necessário definir a estratégia de divulgação que você adotará.

Comumente, os afiliados gostam de unir estratégias de tráfego orgânico, ou seja, onde os clientes são atraídos de maneira orgânica para artigos, vídeos e outros formatos de publicações. E, estratégias de tráfego pago, onde os clientes são atraídos para anúncios publicitários.

Como ser um afiliado e trabalhar com tráfego orgânico?

O afiliado que opta pelo tráfego orgânico produz conteúdo de valor para sua audiência. Nesse sentido, ele precisa preparar um material interessante, que responda as dúvidas dos clientes, a fim de convertê-los rapidamente.

A ideia é quebrar objeções para garantir a venda do produto. Nesse caso, você pode usar:

  • Artigos em blogs;
  • Imagens no Instagram e Pinterest;
  • Vídeos no Youtube;
  • Mensagens no WhatsApp;
  • Entre outros.

Como ser um afiliado e trabalhar com tráfego pago?

Já os afiliados que optam pelo tráfego pago devem criar anúncios para atrair os clientes. Obviamente que, esses anúncios são pagos. Portanto, será preciso fazer um investimento diário para aparecer nas principais plataformas de links patrocinados.

As duas maiores plataformas de links patrocinados, são:

  • Google Ads
  • Facebook Ads

Mas, existem outras tão relevantes quanto essas duas. Como por exemplo, Youtube Ads e LinkedIn Ads.

Acho que já deu para notar que o afiliado tem total liberdade para trabalhar como bem entender, não é mesmo?

No entanto, saiba que para conseguir resultados expressivos, é preciso trabalhar com consistência. Isto é, você precisa trabalhar todos os dias, como em qualquer outro trabalho.

Além disso, para se destacar e conseguir vender muito, será necessário estudar os princípios básicos e avançados do Marketing Digital. Como por exemplo, as principais ferramentas e recursos que existem e as melhores estratégias do mercado.

Gostou desse conteúdo? Cadastre-se para receber todas as novidades em seu e-mail!

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Replies to “O que é Marketing de Afiliados?”

Antonio Marques

Muito bom seu texto! abraços e sucesso…

Prof. Bruno Marinho

Obrigado pelo colaboração Antonio. Abraços e sucesso!